7 de March de 2024 -

A Mulher Caminhoneira e os desafios da profissão

A presença da mulher no universo dos caminhoneiros é cada vez mais significativa e merece ser destacada. Ao longo dos anos, as mulheres têm conquistado espaço em uma profissão historicamente dominada por homens, mostrando sua competência, determinação e habilidade para enfrentar os desafios das estradas brasileiras. No entanto, é importante reconhecer que, assim como em outras áreas, as caminhoneiras enfrentam obstáculos específicos, como casos de violência de gênero e preconceito, que requerem cuidados especiais.

A presença da mulher caminhoneira é um reflexo da quebra de estereótipos de gênero e da busca pela igualdade de oportunidades no mercado de trabalho. Sua contribuição para o transporte de cargas é fundamental para a economia do país, e sua presença traz uma diversidade de habilidades e perspectivas para o setor.

No entanto, as caminhoneiras enfrentam desafios adicionais em sua jornada nas estradas. Infelizmente, casos de violência de gênero, assédio sexual e discriminação ainda são uma realidade para muitas mulheres no ambiente de trabalho, incluindo o transporte rodoviário de cargas. Essa situação é preocupante e exige uma abordagem séria e proativa por parte das autoridades, empresas e sociedade como um todo.

É fundamental que as caminhoneiras estejam cientes dos riscos e saibam como se proteger. Entre os cuidados que devem ser tomados estão a escolha de áreas seguras para descanso e parada, a comunicação regular com familiares e colegas, o uso de dispositivos de segurança, como rastreadores e sistemas de monitoramento, e a denúncia imediata de qualquer forma de assédio ou violência.

Além disso, é importante promover a conscientização e o respeito pelos direitos das mulheres no ambiente de trabalho, combatendo atitudes machistas e promovendo uma cultura organizacional que valorize a diversidade e a igualdade de gênero. Ao longo dos últimos anos, a Conftac, como entidade representativa da categoria, vêm implementando políticas e programas de prevenção e combate à violência de gênero.

 Além de orientar sua base sindical a cuidar e proteger as caminhoneiras que passam pelos seus pontos de atendimento, a Confederação também é parceira do projeto A Voz Delas, da Mercedez Benz, um movimento significativo que compartilha os mesmos valores de igualdade e justiça defendidos pela Conftac. Essa parceria representa um marco importante em sua jornada em direção à responsabilidade social. Ao trabalharem juntas, esperam construir um futuro no qual todas as mulheres que atuam nas estradas se sintam empoderadas, valorizadas e habilitadas a alcançar seu potencial máximo.

Em resumo, a presença da mulher caminhoneira é uma contribuição valiosa para o setor de transporte de cargas, e é essencial garantir que elas possam exercer sua profissão com segurança, dignidade e respeito. Isso requer um esforço conjunto de todos os envolvidos, desde as autoridades e empresas até os próprios caminhoneiros, para criar um ambiente de trabalho inclusivo e livre de violência e preconceito.

André Costa – Presidente da Conftac