21 de April de 2023 -

Novas tecnologias modernizam transporte e gestão de cargas no ES

Uma das empresas que tem se destacado no Espírito Santo, dentro do mercado de comércio internacional, é a Log-In Intermodal, responsável pelas atividades no Terminal de Vila Velha (TVV).

A companhia divulgou em agosto crescimento de 72,6% em receita operacional líquida no segundo trimestre de 2022. O resultado significa um recorde histórico, de R$ 609,2 milhões, contra R$ 352,8 milhões do mesmo período de 2021. Retornos positivos como esse são frutos de um trabalho que envolve gestão de pessoas.

Liderando grandes equipes e desenvolvendo projetos inovadores para valorizar a companhia e contribuir com o desenvolvimento econômico e social do Estado, o diretor de Terminais da Log-In, Gustavo Paixão, revela o diferencial de uma administração focada em produtividade.

“A gestão de um bom clima organizacional aliada à estratégia da companhia e aos desafios que fazem com que todos sejam parte efetiva no resultado são os principais impulsionadores de qualquer empresa. Dentro de um ambiente tão regulado como o do comércio exterior, a inovação é uma competência e esse é o meu direcionamento. É assim que estaremos sempre na vanguarda do setor, posicionando-nos como promotor da inovação, voltados para aprimorar a jornada da experiência dos nossos clientes e da nossa equipe. O pioneirismo tem um preço. No entanto, na Log-In entendemos que correr riscos faz parte de qualquer jornada de inovação”, explica Paixão.

Para o executivo, a constante transformação nos métodos de gestão empresarial é um movimento natural e necessário em um cenário de mundo globalizado e diversificado, no qual informações, práticas e a percepção das pessoas estão em constante evolução.

“Não existe momento certo para inovar, uma vez que ter a inovação como uma competência organizacional é garantir que os processos, sejam eles quais forem, estarão em constante avaliação e busca por melhorias. É impossível para uma empresa com visão de médio e longo prazo não estar preparada para lidar com um ambiente dinâmico. Na Log-In, temos um robusto plano de investimento com viés tecnológico baseado em benchmarkings já realizados. E isso muda a maneira como os nossos stakeholders percebem o porto e seus serviços, além de implicar diretamente e positivamente na jornada de nossos clientes e na comunidade ao entorno”, explica o gestor.

Com a atual dominância do mundo tecnológico, Paixão destaca que o primeiro grande desafio dos gestores é acompanhar esse avanço e garantir a aplicação adequada dessas tecnologias. “Outro desafio é fazer a convergência da Tecnologia da Informação (TI) com a Tecnologia Operacional (TO) adequadamente, para conseguirmos capturar os dados que são gerados pelos equipamentos e alimentar os sistemas, permitindo uma melhor tomada de decisão. Nesse ambiente em que tudo está conectado, a cibersegurança e a privacidade de dados se tornam uma preocupação e um desafio de toda a organização”, pontua.

Sustentabilidade

Em julho de 2022, a companhia lançou seu segundo Relatório de Sustentabilidade, baseado nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI). Com o objetivo de ampliar a transparência das iniciativas implementadas pela empresa, o documento aborda modelo de governança corporativa, forma de gestão, engajamento e compromissos com colaboradores, cadeia de valor e meio ambiente, a partir de temas como integridade, ética e práticas anticorrupção; saúde e segurança de funcionários e terceiros; emissões atmosféricas; gestão da segurança das operações; e descarte de resíduos.

Paixão ingressou na companhia em 2019 como gerente de Terminais e, devido ao alinhamento do processo de sucessão de líderes, foi convidado a assumir o novo cargo. Ele avalia que a gestão de pessoas é o grande diferencial dos negócios de sucesso. “Cuidar de pessoas, mantê-las motivadas por meio de desafios, dar sentido ao trabalho delas, reconhecer e prepará-las é a chave para o sucesso de qualquer organização. Temos um novo mundo pós-pandemia, e os aprendizados que tivemos nesse período e as consequentes práticas desenvolvidas e voltadas ao cuidado físico e mental das pessoas permanecem como prioridades”, afirma.

FONTE: https://www.agazeta.com.br/es/economia/novas-tecnologias-modernizam-transporte-e-gestao-de-cargas-no-es-0423