26 de April de 2023 -

Novos pedágios do Paraná terão desconto de 18% na tarifa sem cobrança de aporte

O ministro dos Transportes, Renan Filho (MDB/AL), anunciou em audiência na comissão de Viação e Obras da Câmara Federal, na quarta-feira, que as empresas que disputarem as novas concessões de pedágio no Paraná poderão oferecer desconto de até 18% nas tarifas básicas sem o pagamento de aporte financeiro para a garantia das obras. A medida representa uma mudança no modelo proposto no governo Bolsonaro, que previa a cobrança proporcional de aporte para qualquer porcentual de desconto. “Agora vai ser aporte zero até o desconto de 18%. Antes já haveria necessidade de aporte com desconto de 1%. Sem aporte, isso significa que os concorrentes vão ser incentivados a dar um desconto maior para o pedágio”, explicou Renan Filho.

Segundo ele, o novo modelo previsto para o Paraná deve ser estendido a concessões de outros estados. “Eu estou muito animado com o novo modelo de concessão do Paraná, porque ele provavelmente vai se replicar no Brasil. Ele busca eficiência de uma concessão de rodovias federais e estaduais a fim de garantir um pedágio mais barato com mais investimentos”, disse. “A gente alterou um pouco o leilão e o novo modelo de concessão. Vários estados se ressentem do alto custo do pedágio. E a gente buscou mais modicidade tarifária”, afirmou o ministro.

 

“Realmente eu precisei trabalhar nessa construção política. A boa notícia é que tanto o governo do Paraná quanto o governo federal tem os mesmos anseios. Independente da questão política, nesse ínterim, os dois estão afinados”, declarou Renan Filho. 

Segundo o ministro, após o retorno do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da viagem à China, o governo federal deve assinar com o governo paranaense, a delegação das rodovias estaduais, que representam cerca de um terço dos 3,3 mil quilômetros de rodovias a serem leiloadas. “Eu tenho conversado sempre com o governador Ratinho Jr. Estamos aguardando agora o retorno do presidente Lula da viagem à China para que a gente possa receber as rodovias (estaduais) e anunciar um cronograma”, afirmou ele.

 

Celeridade

A notícia foi bem recebida pelo governador Ratinho Júnior (PSD), que vinha cobrança pressa do governo federal na definição do novo modelo de pedágio. “O aporte para descontos acima de 18% na tarifa foi uma grande conquista do setor produtivo e de toda a população paranaense para que tenhamos um pedágio mais barato”, comentou. “Queremos dar agora celeridade para finalizar esse processo o quanto antes”, defendeu.

“Essa curva maior de aporte garante aquilo que sempre defendemos: descontos maiores no pedágio, com uma tarifa justa que garanta as obras necessárias para as nossas rodovias, com prazo determinado de execução, além de um leilão transparente na Bolsa de Valores”, afirmou o secretário estadual da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex (PSD).

 

FONTE: https://www.bemparana.com.br/noticias/politica/novos-pedagios-do-parana-terao-desconto-de-18-na-tarifa-sem-cobranca-de-aporte/