24 de March de 2023 -

Quanto ganha um caminhoneiro no Japão?

Apesar de ficar do outro lado do mundo, o país oriental pode ser muito rentável para os motoristas

Muitos caminhoneiros seguem a profissão por paixão pelas estradas e pelos veículos pesados, porém a falta de estrutura das estradas brasileiras e baixos salários fazem eles pensarem em seguir a carreira tão sonhada em outro lugar.

Os profissionais escolhem outros países para poderem ter a continuidade da sua carreira como os Estados Unidos, Austrália, Canadá, Reino Unido, Espanha, França e Portugal, mas há também uma grande oportunidade do outro lado do mundo.

Apesar de ter um idioma, cultura e horário diferente, o Japão pode ser uma boa opção para o caminhoneiro que deseja atuar fora do país e ser bem rentabilizado pelo seu trabalho.

 

O canal do YouTube depre truck fez questão de mostrar um pouco da rodagem no Japão e quanto ganha um profissional trabalhando nessa profissão no país oriental.

O caminhoneiro pontua que deve antes de qualquer coisa levar em conta a forma de trabalho que será feita no país que na maioria das vezes é por contrato que pode variar entre uma carga de serviço quinzenal, mensal.

Uma das formas mais comuns de contrato no Japão é través de empresas terceirizadas onde o caminhoneiro trabalha diretamente para a transportadora, porém o seu contrato é por intermédio de uma outra empresa.

Há três formas de ser contratada no país:

  • Diretamente, como uma espécie de CLT;
  • Através de contrato, por empresas terceirizadas;
  • Por jornada não envolvendo um contrato firmado.

O caminhoneiro apontou que em média o salário de um motorista no Japão é de 300 mil ienes (ienes=moeda japonesa) que conversão por alto pode ser por conta de R$ 15 mil. Ele afirma que pode parecer muito dinheiro, mas pelo custo de vida no país a quantia não o deixa rico, entretanto é o que ele precisa para viver.