21 de March de 2023 -

Ubrabio: Ministro dos Transportes vai defender mistura do biodiesel ao diesel em reunião do CNPE

Por Gabriela Brumatti

São Paulo, 13/03/2023 – O ministro dos Transportes, Renan Filho, afirmou a representantes do setor de biodiesel que está comprometido a fazer um debate dentro do governo para ampliar a produção do biocombustível. Segundo a União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), em audiência ontem com a Frente Parlamentar Mista do Biodiesel (FPBio) e entidades representativas, ele disse que defenderá o aumento do porcentual de mistura ao diesel fóssil na próxima reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), programada para sexta-feira (17) no Palácio do Planalto. A previsão é de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteja presente no encontro. “Vamos ouvir a posição do presidente da República, mas eu acredito que este seja o melhor caminho para o Brasil”, afirmou o ministro, segundo a Ubrabio.

Como informou o Broadcast Agro na última semana, as posições dos ministros de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e dos Transportes sobre a elevação da mistura do biodiesel ao óleo diesel eram as principais incógnitas do setor, que já acreditava ter maioria de votos para aprovar a pauta na reunião do CNPE. As entidades do biodiesel têm realizado encontros diretos com os 14 ministros que integram o conselho para assegurar a elevação dos porcentuais.

A proposta do setor é de que o encontro do CNPE na próxima sexta-feira estabeleça um aumento imediato dos atuais 10% (B10) da mistura para 12% ou 13% e defina um cronograma para elevar gradualmente o mandato para 15% (B15). A proposta mais recente do setor era a de alcançar o B15 até março ou abril de 2024, mas, em função da resistência de alguns ministros, fontes ouvidas pelo Broadcast Agro dizem que já se considera estender esse prazo. Uma nova data, no entanto, ainda não estaria definida.

Ministérios estratégicos para o setor, como Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio, Planejamento e Desenvolvimento Agrário já demonstraram apoio ao aumento da mistura. Os interlocutores ainda têm reuniões programadas com a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, e esperam conversar também com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.